Reginaldo Pupo/AE
Reginaldo Pupo/AE

Golfinho aparece morto em praia de São Sebastião

Animal estava em aparente estado de decomposição, a cerca de 50 metros da areia; o litoral norte é uma das regiões que registra maior nº de mortes de golfinhos

Reginaldo Pupo, Especial para o Estado,

03 Março 2012 | 13h02

Um golfinho apareceu morto na manhã desta última sexta, 3, na Praia do Guaecá, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Ele estava em aparente estado de decomposição a cerca de 50 metros da areia, encalhado nas pedras. Em seu dorso havia marcas de ferimentos.

 

O litoral norte é uma das regiões do litoral paulista onde é registrado o maior número de golfinhos  que aparecem mortos. A maioria se desgarra do grupo e acaba morto por inanição.

 

Muitos também surgem com marcas de enredamento, quando eles se enroscam em redes de pesca e acabam mortos a golpes de remo.

 

Há casos registrados em São Sebastião de golfinhos que morreram após ingerir sacos plásticos, resultado de lixo jogado no mar. Até o início da tarde de ontem, o golfinho estava na costeira da praia aguardando remoção.

 

Mais conteúdo sobre:
Golfinho morte São Sebastião Vida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.