Ministério de Ciência e Tecnologia
Ministério de Ciência e Tecnologia

Matemática é tema central de Semana de Ciência e Tecnologia que começa nesta segunda

Atividades acontecem em mais de 180 cidades e buscam aproximar a ciência da população

André Klojda, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

23 Outubro 2017 | 10h05

Entre esta segunda-feira, 23, e o domingo, 29, cidades de todo o Brasil realizarão a 14ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) sob o tema “A matemática está em tudo". Estão planejadas cerca de 5 mil atividades em mais de 180 municípios. 

+++ Local de prova do Enem já está disponível no cartão de confirmação

Na capital paulista, a Universidade de São Paulo (USP) sediará uma série de eventos. Já nesta segunda-feira, o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP conduz atividades sobre assuntos como meteorologia e aviação, geofísica e terremotos. Mais informações sobre as ações que serão realizadas, tanto em São Paulo quanto em outras localidades, estão disponíveis no portal da SNCT.

+++ Unifesp, UFABC e UFSCar oferecem 8.206 vagas

A coordenadora-geral de Popularização e Divulgação da Ciência do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Leda Pinto, destaca a importância de levar as ações para o maior número de pessoas possível. "É importante que se invista na interiorização da SNCT, para garantir que sejam ofertadas atividades fora das grandes cidades", afirma.

+++ Agropecuária na Amazônia: É possível produzir sem desmatar, diz pesquisador da Embrapa

Segundo Leda, o ideal da organização é contribuir com a formação de cidadãos. "Nosso ideal é que todos os brasileiros tenham acesso ao conhecimento científico e se sintam empoderados, cidadãos plenos, com capacidade de entender o universo à nossa volta e tomar parte no processo decisório do país".

+++ Cães tentam se comunicar com humanos por expressões faciais, diz estudo

Esta edição homenageia o matemático Jacob Palis, pesqusiador emérito do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa). Em 2010, o brasileiro recebeu o Prêmio Balzan, importante distinção internacional, pelas contribuições feitas à teoria dos sistemas dinâmicos. Palis é membro de academias científicas de diferentes países e detentor de diversas condecorações nacionais e no exterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.