Nasa
Nasa

Nave desgovernada se desintegra ao entrar na atmosfera terrestre sobre Oceano Pacífico

Reentrada aconteceu às 22h04 de Brasília, segundo agências internacionais, uma semana após russos terem perdido o controle

Agências internacionais

07 Maio 2015 | 21h24

Atualizada à 1h08

A Progress, aeronave espacial não tripulada, se desintegrou completamente na madrugada desta sexta-feira, 8, ao entrar na atmosfera da Terra sobre o Oceano Pacífico. De acordo com agências internacionais, a reentrada aconteceu às 22h04, horário de Brasília, uma semana após operadores russos perderem o controle do equipamento.

"A nave espacial Progress M-27M deixou de existir às 5h04 de Moscou em 8 de maio de 2015. Sua entrada na atmosfera foi realizada sobre o Oceano Pacífico central", informou a agência espacial russa Roscosmos. Ainda não há informação sobre fragmentos.

Em 28 de abril, algumas horas após a decolagem, a Progress, que deveria ter chegado seis horas depois à Estação Espacial Internacional (ISS) para abastecê-la, deixou de responder aos engenheiros russos e começou a ter reações incontroláveis.

Uma comissão vai investigar as causas do incidente, que pode ter ocorrido no momento de separação entre a nave e o foguete. A perda da nave terá um custo de cerca de 500 milhões de euros, mas não põe em perigo a tripulação da ISS, que dispõe de reservas para vários meses.

Veja fotos tiradas por astronauta na ISS:

Mais conteúdo sobre:
Astronomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.