Zhao Chuang
Zhao Chuang

Nova espécie de dinossauro de pescoço longo e crista é descoberta na China

Espécime tinha pelo menos oito anos; para cientistas, propósito das cristas seria exibição, comunicação e acasalamento

O Estado de S.Paulo

27 Julho 2017 | 21h34

Uma equipe de pesquisadores encontrou na China uma nova espécie de dinossauro, de pescoço longo e com uma crista em seu crânio, que viveu no Cretáceo Superior há entre 66 milhões e 100 milhões de anos.

A descrição desta nova espécie, do grupo dos ovirraptorossauros e achada na província chinesa de Jiangxi, foi publicada na revista Scientific Reports, em um artigo escrito por Junchang Lü, do Instituto de Geologia de Pequim.

A nova espécie se chama Corythoraptor jacobsi e os fósseis achados sugerem que o espécime tinha pelo menos oito anos: trata-se de um adulto jovem que não tinha se desenvolvido completamente.

Um dos traços mais característicos deste dinossauro era sua crista, similar ao casco ou protuberância do casuar, um gênero de ave que não voa e é comum na Austrália.

Os autores acreditam que o propósito destas cristas em um e outro animal podia ser similar: exibição, comunicação e acasalamento.

A descoberta do Corythoraptor proporciona provas de que os ovirraptorossauros eram morfológica e taxonomicamente muito mais diversos na área de Ganzhou (China) que em qualquer outra região do mundo. /EFE

Mais conteúdo sobre:
China

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.