Novo telescópio europeu capta imagens inéditas da Via Láctea

Aparelho da European Southern Observatory é o maior do mundo dedicado ao mapeamento do céu

estadao.com.br,

11 Dezembro 2009 | 09h53

Imagem da nuvem de gases da formação de uma estrela na nebulosa Flame captada pelo VISTA

 

SÃO PAULO - O telescópio VISTA, inaugurado nesta semana pelo European Southern Observatory (ESO), captou imagens da nebulosa Flame, do centro da Via Láctea e da galáxia Fornax, divulgadas nesta sexta-feira, 11.

 

Cerca de um milhão de estrelas são mostradas em imagem que o VISTA captou da Via Láctea

 

O Vista é o maior telescópio dedicado ao mapeamento do céu, segundo a European Southern Observatory, e foi desenvolvido em um projeto que envolveu 18 universidades do Reino Unido.

 

Telescópio VISTA foi desenvolvido em projeto que reuniu 18 universidades do Reino Unido

 

O telescópio Vista foi montado no Observatório Paranal, que fica localizado no deserto do Atacama, no norte do Chile. O mais novo equipamento de observação da ESO possui uma câmera de 3 toneladas que contém 16 sensores especiais de luz infravermelho, captando um total de 67 milhões de pixels.

Mais conteúdo sobre:
VISTA ESO telescopio Via Lactea Flame

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.