Papa pede suspensão do uso de armas na crise da Líbia

O papa Bento 16 pediu neste domingo a "suspensão do uso de armas" na crise da Líbia, referindo-se à campanha militar de nações aliadas no país africano.

REUTERS

27 Março 2011 | 09h18

O líder católico acrescentou dirigir seu pedido aos "corpos internacionais" e àqueles "que têm a responsabilidade militar e política".

Mais conteúdo sobre:
PAPA LIBIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.