Divulgação
Divulgação

Radar elimina risco de colisão com asteroide 2005 YU55 por 100 anos

O asteroide foi observado por Arecibo enquanto estava a 2,4 milhões de quilômetros

estadao.com.br

29 Abril 2010 | 17h58

Um asteroide próximo à Terra chamado 2005 YU55, que está na lista de objetos espaciais potencialmente perigosos para a Terra, foi observado com o radar planetário do Observatório de Arecibo.

 

O radar reduziu as incertezas quanto à órbita do asteroide em 50%, e eliminou o risco de uma colisão com a Terra pelos próximos 100 anos, o que levou à retirada do astro da relação de objetos perigosos da Nasa.

 

O asteroide foi observado por Arecibo enquanto estava a 2,4 milhões de quilômetros da Terra, ou seis vezes a distância que nos separa da Lua, informa Michael Nolan, diretor do observatório.

 

Os dados obtidos mostram que 2005 YU55 tem cerca de 400 metros de diâmetro, o dobro das estimativas originais.

 

Depois de completar uma volta ao redor do Sol, o asteroide passará entre a Terra e a Lua em novembro de 2011, sem oferecer risco de impacto. O astro tinha sido descoberto por Robert McMillan, do programa de detecção Asteroidwatch, em dezembro de 2005.

Mais conteúdo sobre:
asteroide colisão asteroidwatch

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.