1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Sétima fila da Tabela Periódica está completa

- Atualizado: 04 Janeiro 2016 | 17h 18

Ainda sem nomes definidos, elementos foram criados artificialmente por cientistas japoneses, russos e norte-americanos

SÃO PAULO - A União Internacional de Química Pura e Aplicada reconheceu nesta segunda, 4, a existência de quatro novos elementos químicos produzidos artificialmente nos últimos anos. De números 113, 115, 117 e 118, eles completam a sétima linha da Tabela Periódica.

Os elementos não existem na natureza e foram criados por aceleradores de partículas graças a colisões de elementos menores, que se fundem - os átomos gerados a partir dessas condições sobrevivem por apenas frações de segundo. O elemento 113, por exemplo, foi criado três vezes por cientistas japoneses entre 2004 e 2012. Um consórcio de pesquisadores americanos e russos produziram os elementos 115, 117 e 118. 

Cientistas japoneses, russos e americanos criaram novos elementos para a Tabela Periódica
Cientistas japoneses, russos e americanos criaram novos elementos para a Tabela Periódica

Ainda não foram definidos os nomes dos novos elementos químicos. Coube ao grupo japonês o direito de batizar o 113 - será a primeira vez que cientistas asiáticos dão nome a um elemento químico. Russos e americanos vão criar a nomenclatura dos elementos 115, 117 e 118. / COM INFORMAÇÕES DE AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em CiênciaX