Sonda europeia testa densidade da atmosfera de Vênus

Venus Express sua seus painéis solares como velas para sentir o vento a 180 km de altitude

estadao.com.br

22 Abril 2010 | 16h55

A sonda orbital europeia Venus Express completou uma campanha de uso de seus painéis solares como velas para captar um sopro tênue da atmosfera do planeta vizinho. O teste usou a sonda como um instrumento para medir a densidade atmosférica 180 km acima da superfície do planeta.

 

Durante os cinco contatos das telas solares com a atmosfera realizados na semana passada, a sonda foi operada como um único grande sensor, com os painéis solares apresentando diferentes inclinações em relação ao ângulo de voo.

 

Ilustração da Venus Express, em órbita de Vênus, planeta vizinho da Terra. Divulgação/ESA

 

A configuração especial expôs as asas ao ar extremamente rarefeito no limite do vácuo espacial em torno de Vênus, gerando um minúsculo torque aerodinâmico, ou rotação, do satélite.

 

O comportamento das moléculas que se chocam com os painéis solares ajuda a determinar a densidade da atmosfera.  Em uma das passagens, os painéis foram inclinados como as pás de um moinho de vento.

 

Esse torque pode ser medido com alta precisão, com base na correção que precisa ser aplicada pelas rodas de reação, que são giradas dentro da sonda para manter a orientação do satélite no espaço. 

Mais conteúdo sobre:
vgênus esa ^sistema solar planetas espaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.