Scott Audette/Reuters
Scott Audette/Reuters

SpaceX lança foguete à estação espacial, mas falha ao pousar

Dispositivo não tripulado conseguiu chegar à plataforma flutuando a 100 km da costa da Flórida, mas teve equipamento danificado

O Estado de S. Paulo

10 Janeiro 2015 | 10h21

CAPE CANEVERAL - A companhia SpaceX conseguiu lançar com sucesso uma nova leva de suprimentos para a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) neste sábado, 10, mas falhou em sua tentativa revolucionária de pousar parte do foguete para que pudesse ser reutilizada.

O fundador da companhia, o bilionário Elon Musk, afirmou que o foguete não tripulado Falcon chegou à plataforma flutuando a cerca de 100 quilômetros da costa da Flórida, mas conta que o pouso foi muito forte e danificou o equipamento. Essa foi a primeira vez que algo do tipo foi tentado. 

No geral, a primeira etapa do lançamento do foguete, responsável pela propulsão, é descartada no oceano, mas Musk acredita que recuperar o equipamento seja essencial para reduzir custos e acelerar as operações espaciais. Uma vez separado da parte superior do foguete, o propulsor reacendeu conforme o planejado para o voo de retorno.

Segundo a SpaceX, o equipamento deveria voar entre 80 e 130 quilômetros do solo antes de começar a manobrar em direção a um barco no oceano, que serviria de plataforma de pouso. A Força Aérea do país também estava a postos para destruir o projétil, se este saísse do rumo. 

A Nasa acompanhou a operação com interesse, mas seu foco está na entrega de suprimentos à estação espacial, o que deve ocorrer na segunda-feira, 12. A remessa é particularmente importante após a explosão do foguete Antares, que deveria ter levado mantimentos e equipamentos aos astronautas em outubro./AP
Mais conteúdo sobre:
SpaceX Nasa foguete estação espacial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.