Cerveja deixa homens mais inteligentes

Estadão

29 Maio 2012 | 14h38

Beber com moderação pode evitar acidentes. E torná-lo mais inteligente. Pelo menos foi o que concluiu um estudo da Universidade de Illinois, em Chicago (EUA).

Para realizar o estudo, os pesquisadores selecionaram 40 homens, que receberam três palavras e um objetivo: encontrar uma quarta palavra que tivesse correspondência com as outras três. Por exemplo, “queijo” poderia combinar com “provolene”, “Cottage” e “Suíço”.

Separados em dois grupos de 20, metade deles bebeu dois copos de cerveja (quantidade considerada moderada pelos cientistas). A outra ficou sem a bebida. O grupo que tomou cerveja resolveu 40% mais de jogos. Mais: demorou 12 segundos para resolver cada problema. Já os 20 homens que não beberam gastaram 14 segundos.