Atendendo a pedidos: o helicóptero

Estadão

27 de novembro de 2009 | 16h29

Os dois navios que a Marinha Brsaileira usa na Antártida, o Ary Rongel e o Almirante Maximiano, têm capacidade de abrigar até dois helicópteros. A diferença é que no Ary os helicópteros ficam embalados no convés, enquanto que o Maximiano tem hangar; além disso, o Max pode usar tanto helicópteros Esquilo quanto Bell Jet Ranger, enquanto que o Ary trabalha apenas com o Esquilo. Atualmente, o Max tem dois Esquilos a bordo.

Abaixo, algumas imagens das aeronaves – como os militares as chamam – no heliponto e no hangar do Almirante Maximiano:

helicop1

A foto acima mostra o helicóptero com a Ilha Pinguim ao fundo. Na quinta-feira, cientistas, jornalistas (não eu, que estava guardando minha coragem para o desembarque) e duas equipes de TV foram levados até lá e depois resgatados pelas aeronaves do navio. O tempo não estava muito bom, e a decisão de permitir que as equipes de filmagem seguissem para a ilha só foi tomada após muita deliberação.

helicop2

Esta foto, gentilmente tirada pela tenente Haynnee, da Marinha, mostra este blogueiro poluindo o que de outra forma seria uma bela imagem do helicóptero com o sol brilhando sobre o mar ao fundo.

helicop3

Este é o helicóptero dentro do hangar. Não havia muito espaço para bater a foto, e por isso não foi possível mostrar o aparelho por inteiro.

hangar2

Aqui, mais uma imagem da equipe do hangar realizando suas preparações enquanto as portas se abrem.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: