Antidiabético pode prevenir câncer de pulmão em fumantes

Pesquisas anteriores já mostraram que a metformina ativa enzima que inibe a proteína que regula crescimento e sobrevivência das células.

root

02 Setembro 2010 | 18h41

Um medicamento usado para tratar o diabetes tipo 2 pode proteger contra o câncer de pulmão e colorretal. De acordo com dois estudos publicados no Cancer Prevention Research, a metformina poderia ser utilizada na prevenção da doença principalmente em fumantes.

O primeiro estudo, conduzido por pesquisadores da National Cancer Institute, mostra que a droga reduz significativamente a carga tumoral pulmonar em ratos expostos a um derivado da nicotina, conhecido como nitrosamina – o agente cancerígeno mais presente no cigarro. Os animais foram tratados com metformina oral ou injeções.

Os primeiros tinham até 50% menos tumores, ao passo que os tratados com injeção tinham 72% a menos. Ensaios clínicos já estão sendo planejados para determinar se o composto poderia realmente ser eficaz na prevenção de indivíduos com alto risco para a doença.

Em um segundo estudo, conduzido por uma equipe do Japão, o uso da metformina por não-diabéticos demonstrou ser eficaz na diminuição do risco de câncer colorretal. Indivíduos que se submeteram ao tratamento apresentaram menos marcadores para a doença em relação ao grupo de controle.

Pesquisas anteriores já mostraram que a metformina ativa uma enzima – quinase AMP -, conhecida por inibir a mTOR, uma proteína que regula o crescimento e sobrevivência das células em tumores de pulmão induzidos por agentes cancerígenos do tabaco.

“Embora parar de fumar seja o passo mais importante para os fumantes, mais da metade dos casos de câncer de pulmão é diagnosticada em ex-fumantes, elevando a importância de identificar os de maior risco, identificando tratamentos eficazes na prevenção”, ressalta Philip Dennis, pesquisadore sênior do NCI.

Veja também:

Vício mental: cérebro pode ser ensinado a controlar desejo de fumar
Companhia “ruim” pode aumentar “tendência genética” para o vício
Fumo ativo e passivo é associado a um risco maior de problemas psiquiátricos
Vacina contra tabagismo pode ficar pronta em 2012
Cigarro livre de nicotina e tabaco pode ser mais cancerígeno
Fumo leva ao rápido e progressivo endurecimento de artérias

Leia mais sobre: câncer.