Bom humor dita preferência por alimentação mais saudável

Fatores psicológicos podem ajudar os humanos a superarem a preferência por alimentos com alto teor de gordura e açucarados.

taniager

29 Julho 2011 | 18h27

Um novo estudo levantou pistas interessantes sobre por que pessoas tendem a comer refeições mais nutritivas em casa do que fora dela. O estudo, que coletou dados de 160 mulheres que relataram seus estados emocionais antes e após as refeições, acrescenta a crescente evidência de que fatores psicológicos podem ajudar os humanos a superarem a preferência por alimentos com alto teor de gordura e açucarados. As descobertas sugerem que as pessoas que estão de bom humor em casa tendem a preparar refeições mais saudáveis e a se sentir emocionalmente mais recompensadas depois de comê-las.

A pesquisa, realizada por Ji Lu do Nova Scotia Agricultural College, Catherine Huet, e Laurette Dube da Universidade de McGill, Canadá, mostrou que este ciclo de reforço positivo é mais pronunciado em casa do que em outros lugares. Os pesquisadores concluíram que “o lar é um ambiente privilegiado de nutrição benéfica, no qual a escolha por alimentos mais saudáveis aciona e é acionada por emoções mais positivas”. Este padrão pode ajudar a explicar por que pessoas fazem as melhores escolhas em casa do que quando comem fora, diz o professor Dube, autor sênior do estudo e diretor científico da Plataforma Mundial McGill para Saúde e Convergência Econômica.