Mulheres que estão ovulando evitam falar com os pais ao telefone

Na contramão, mulheres mais férteis tendem a ligar mais para as mães, gastando em média 5 minutos a mais ao telefone diariamente.

root

30 Novembro 2010 | 13h32

Mulheres que estão ovulando evitam o contato com os pais. É o que afirmam pesquisadores das universidades da Califórnia, Miami e da Cal State, após observarem registros de ligações celulares. “Mulheres chamam seu pais com menos frequência nestes dias de alta fertilidade e elas desligam o telefone mais cedo quando são os pais que fazem a chamada”, diz Martie Haselton, professor associado de comunicação da UCLA, em cujo laboratório a pesquisa foi conduzida.

Porque não tiveram acesso ao conteúdo dos telefonemas, os pesquisadores não foram capazes de dizer com certeza a razão pela qual a ovulação induz este tipo de comportamento. Eles acreditam que a explicação estaria no inconsciente desejo de manter longe o controle dos homens em um período em que elas estão mais férteis. Um impulso ainda mais primário poderia ser a razão: adaptação evolutiva para evitar a consanguinidade.

De qualquer maneira, os resultados corroboram o que é observado na natureza, quando as fêmeas estão no período fértil. “Os biólogos evolucionistas descobriram que as fêmeas de outras espécies evitam interações sociais com os parentes do sexo masculino durante os períodos de alta fertilidade”, ressalta o autor do estudo Debra Lieberman, professor de psicologia da Universidade de Miami. “O comportamento tem sido explicado como um meio de evitar a endogamia e as consequências negativas associadas”.

O trabalho também abordou outros aspectos, como, por exemplo, a forma como as mulheres se vestem durante a ovulação ou como se portam diante de homens neste período. O último estudo, examinando os registros de celular de 48 mulheres entre 18 e 22 anos de idade, mostrou que o tempo de conversa por telefone com os pais durante a ovulação caía de uma média de 3,4 minutos por dia para apenas 1,7.

Os pesquisadores admitem a possibilidade de que este comportamento seja uma maneira de manter o “papai” longe de possíveis pretendentes. Entretanto, a equipe acredita que mecanismos psicológicos sejam responsáveis por isso para protegê-las do risco de produzir menos crianças saudáveis – o que tende a ocorrer ao longo do processo evolutivo se os descendentes são formados por parentes genéticos.

Na contramão, mulheres mais férteis tendem a ligar mais para as mães. Elas gastam em média 4,7 minutos ao dia no celular quando estão ovulando, ao passo que, durante a baixa fertilidade, gastam apenas 4,2 minutos falando com a matriarca da família. Uma possível explicação seria a necessidade de conselhos de relacionamento. “Elas podem estar usando as mães como caixas de ressonância para decisões do possível ‘acasalmento’ que estão pensando no momento do ciclo”, explica a antropóloga Elizabeth Pillsworth, da Universidade Estadual da Califórnia.

Veja também:

Estresse pode piorar muito os sintomas físicos e psicológicos da TPM
Tão longe, tão perto: o mero fato de escutar a voz materna acalma
Mulheres compram roupas mais sensuais quando estão ovulando
Quer ser o rei da noite com a mulherada? Use roupas vermelhas

ovulating
with the connection.