CORRA QUE O ELEFANTE VEM AÍ … OU CHAME AS FORMIGAS

CORRA QUE O ELEFANTE VEM AÍ … OU CHAME AS FORMIGAS

Herton Escobar

02 Setembro 2010 | 20h29

FOTO: JAKE GOHEEN

FOTO: JAKE GOHEEN

.

Continuando no assunto do post anterior … acabo de descobrir uma outra técnica usada pelas plantas para se proteger do ataque de monstros herbívoros famintos, como esse elefante aí de cima.

Os elefantes não dão muita bola para espinhos, nem se incomodam muito com as moléculas de má digestão produzidas por algumas plantas. Mas têm um ponto fraco: não gostam de formigas entrando na sua tromba … Então, o que fazem as árvores? Pois bem: Algumas espécies de acácias africanas produzem um néctar na base de suas folhas que atrai formigas, que se alimentam do néctar, que fazem formigueiros nos galhos, e atacam qualquer elefante que enfie sua tromba por ali. É uma simbiose: a planta fornece alimento e abrigo para as formigas, que retribuem o favor protegendo a planta do ataque de predadores.

Em um estudo publicado hoje na revista Current Biology, dois pesquisadores mostram que acácias no Quênia que abrigam formigas são muito menos predadas por elefantes do que árvores da mesma espécie (ou de espécies semelhantes) que não abrigam formigas. Para ter certeza, eles removeram experimentalmente as formigas de algumas árvores e verificaram que elas, antes evitadas, passaram a ser devoradas normalmente pelos elefantes.

Mais um clássico exemplo de “a união faz a força” na natureza. Nada melhor do que um exército de formigas para espantar um elefante. Imagine só!

Abraços a todos.
.

FOTO: TODD PALMER / Exemplo de um formigueiro sobre árvore no Quênia.

FOTO: TODD PALMER / Exemplo de um formigueiro sobre árvore no Quênia.