12 países discutem R+10 em Curitiba

O transporte coletivo e o tratamento do lixo serão os temas do Fórum Regional Latino-Americano sobre o Desenvolvimento Urbano Sustentável, que reunirá em Curitiba, na próxima semana, representantes de 12 países em preparação para a Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável, a chamada Rio+10, que acontece entre agosto e setembro em Johannesburgo, na África do Sul.Na Rio+10 serão avaliados os resultados conseguidos pelos países signatários da Conferência Mundial de Ecologia (Eco 92), realizada no Rio de Janeiro há dez anos. O encontro, que será aberto no domingo à noite, é o segundo de cinco previstos até agosto.Os fóruns são promovidos pela Agência para a Pesquisa e Treinamento da ONU (Unitar). O primeiro foi feito em Durban (África do Sul) e tratou da gestão em recursos hídricos. Nos próximos serão discutidos o controle da industrialização urbana (Argel, Argélia), a saúde pública (Lyon, França) e a informatização dos serviços públicos (Xangai, China).Na segunda-feira pela manhã serão avaliados os resultados alcançados na implantação de propostas da Agenda 21 - uma série de compromissos assumidos na Eco-92. À tarde serão apresentados alguns casos para discussão dos participantes.O município de São Paulo deverá apresentar o projeto para redesenhar o sistema de transporte coletivo da cidade e o plano diretor de gerenciamento do lixo. Na terça-feira à tarde, as organizações não-governamentais e o setor privado apresentarão exemplos de projetos bem sucedidos de desenvolvimento sustentado.As discussões prévias vão dar subsídios para o encontro mundial em Johannesburgo. "As melhores soluções encontradas vão servir de modelo para todas as grandes cidades do planeta", afirma o diretor-executivo da Unitar, Maurice Boisard. "Não esperamos que as idéias expostas sejam copiadas exatamente da mesma forma, mas possam ser adaptadas em cada país de acordo com a realidade regional."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.