<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

A atribulada trajetória de uma pedra que veio da Lua

Cientistas de diversos países acabam de contar na revista Science a história peculiar de uma rocha, chamada Sayh al Uhaymir (SaU) 169. Ela veio da Lua, e isso seria interessante por si. Mas a rocha de 206 gramas guarda as marcas de uma longa e atribulada trajetória até o momento em que foi encontrada, em Omã (Oriente Médio), em 2002.Os cientistas, liderados por Edwin Gnos, da Universidade de Berna, na Suíça, concluíram que sal 169 sofreu pelo menos três fortes impactos de meteoritos na Lua até ser lançada ao espaço, por um quarto impacto, e chegar à Terra.As conclusões foram feitas com base na formação e composição química da rocha, comparando com dados da superfície lunar e materiais coletados em missões como as do Programa Apolo e do Lunar Prospector.Os pesquisadores calculam que o primeiro impacto teria ocorrido há 3,9 bilhões de anos, o segundo há 2 bilhões e o terceiro há 200 milhões. O quarto e último foi há 340 mil anos, na região da cratera de Lalande, que arremessou a pedra ao espaço, onde ficou vagando ? em órbita da Terra ou do Sol, não se sabe ao certo ? até ser atraído pela gravidade terrestre.De acordo com os autores, a composição química do meteorito revela uma complexa história e parte da própria história da Lua. Foi apenas o terceiro impacto que moveu a camada rochosa onde ela se encontrava para perto da superfície. Ali, ficou exposta à ação dos ventos solares e foi despreendida com o quarto choque.O SaU 169 é um dos cerca de 30 meteoritos lunares já encontrados na superfície terrestre, a maioria em desertos.

Agencia Estado,

02 de agosto de 2004 | 13h43

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.