Acordo para primeira missão comercial à Lua

A companhia norte-americana TransOrbital Inc. assinou nesta terça-feira um acordo de US$ 20 milhões com uma empresa russa para enviar à Lua, no ano que vem, a primeira missão comercial da história. A nave não tripulada tiraria fotografias, entregaria mensagens e levaria restos mortais cremados.A TransOrbital, com sede em La Jolla, Califórnia, assinou o contrato com a Kosmotras, sediada em Moscou e que recebeu autorização do governo russo para utilizar mísseis balísticos desativados da extinta União Soviética para missão espaciais comerciais.A Kosmotras planeja realizar um teste com uma réplica de um veículo espacial da TransOrbital e colocá-lo numa órbita próxima à Terra no próximo mês.Em outubro de 2003 seria lançada ao espaço a nave não tripulada enviada à Lua, disse Dennis Laurie, presidente da TransOrbital, em entrevista coletiva.Batizado TrailBlazer, o veículo espacial ficaria durante três meses na órbita da Lua, tirando fotos de alta resolução do satélite terrestre antes de ser lançado contra sua superfície.Mensagens particulares, restos mortais cremados e outras cargas comerciais seriam levados numa cápsula que resisitiria ao choque, garantiu Laurie.

Agencia Estado,

26 de novembro de 2002 | 17h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.