Agência Espacial Européia espera realizar dez missões este ano

A primeira será o lançamento pela Nasa do ônibus espacial Atlantis com dois astronautas europeus a bordo

Efe,

14 de janeiro de 2008 | 15h57

O diretor-geral da Agência Espacial Européia (ESA), Jean-Jacques Dordain, disse nesta segunda-feira, 14, estar satisfeito com o balanço de 2007 e destacou que "2008 será um ano particularmente rico" para a companhia, com um total de dez missões. A primeira, e uma das mais importantes, é o lançamento pela Nasa (agência espacial americana), em 7 de fevereiro, do ônibus espacial Atlantis - com o módulo Columbus -, com dois astronautas europeus a bordo. "A ESA se transformará em sócio real da Estação Espacial Internacional (ISS) e a partir de março poderemos tirar proveito" de vinte anos de investimentos europeus, ressaltou Dordain em entrevista coletiva. Outra grande missão será o lançamento, por um foguete Ariane-5, do veículo de abastecimento da estação, em uma data que será decidida em 6 de fevereiro e que poderá ser no fim do mesmo mês ou em março. Dentro do programa do sistema europeu de navegação por satélite Galileo, em março - "ou o mais tardar em abril" - será lançado um satélite Giove, provavelmente com uma plataforma de lançamento russa Soyuz. A agência tem previstas várias missões científicas para 2008, como os lançamentos de satélites de estudo do campo gravitacional ou de circulação oceânica, da umidade do solo ou da salinidade do mar, assim como de telescópios para observar objetos muito afastados e instrumentos para detecção de radiações cósmicas. Algumas das decisões pendentes são o desenvolvimento de um satélite meteorológico Meteosat de terceira geração e a continuidade de projetos de telecomunicações.

Tudo o que sabemos sobre:
Agência Espacial Européia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.