<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Agência estuda usar hibernação em viagem a Marte

Uma nave não tripulada capaz de pousar, recolher amostras e retornar com elas à Terra será enviada a Marte em 2013, anunciou a Nasa. A capacidade de retorno da nave representa um avanço, já que atualmente estão no planeta dois veículos de exploração - Spirit e Opportunity - que não voltarão.Mas, segundo o jornal britânico The Sunday Telegraph, cientistas da Agência Espacial Européia (ESA) já estão trabalhando para conseguir levar astronautas ao planeta vermelho. Eles procuram uma forma de tornar mais fácil a viagem de 80 milhões de quilômetros.A maior aposta do doutor Marc Ayre, da Equipe de Conceitos Avançados da ESA, é a hibernação. Ele e sua equipe estão trabalhando na criação de espécies de cabines do sono e concentrando as pesquisas numa substância sintética narcótica chamada Dadle.Esse composto, quando injetado em um esquilo, faz com que o animal hiberne durante o verão. Agora, os cientistas da ESA realizam experiências com ratos para verificar o efeito dessa substância em animais que não hibernam.Ayre acredita que a hibernação amenizaria os anos de confinamento impostos aos astronautas pela viagem, além de diminuir o peso da nave por causa da redução da demanda de alimentos. Segundo cálculos dos cientistas, em uma viagem como essa, normalmente seriam necessárias 30 toneladas de comida para alimentar a tripulação.Mas o método já está gerando polêmica. Para alguns cientistas, a hibernação não é saudável, pois a mente continuaria em atividade e traria confusão aos astronautas quando eles acordassem.

Agencia Estado,

15 de agosto de 2004 | 14h54

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 8,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 18,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
20, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.