Agência libera primeira imagem feita no solo de Titã

A sonda Huygens, que pousou nesta sexta-feira em Titã, a maior lua de Saturno, enviou as primeiras imagens da superfície do misterioso satélite. A primeira foto liberada pela Agência Espacial Européia (ESA) mostra um solo pedregoso e aparentemente seco no trecho coberto pelo radiômetro de espectro.A imagem foi feita com a sonda já no solo ou muito perto dele. Uma foto liberada anteriormente, feita a 16 km de altitude - quando a sonda ainda descia em seus pára-quedas - e abrangendo uma área muito maior, indicava a presença de líquidos na superfície.A superfície de Titã, nunca vista pelo homem sob a espessa camada de gases, pode incluir grandes áreas de gelo e de uma substância orgânica pegajosa, possivelmente lagos de etano e metano líquidos. A temperatura ambiente é de 178 ºC negativos.Titã é o único satélite conhecido que dispõe de uma atmosfera. A sonda européia Huygens foi especialmente construída para explorá-lo como parte da missão em Saturno, levada a cabo pelas agências espaciais dos EUA (Nasa), da Europa (ESA) e da Itália, com a participação de cientistas de 17 países no total.A missão Cassini-Huygens foi lançada em 1997 e as sondas entraram na órbita do gigante gasoso em 1.º de julho passado. No último 25 de dezembro, quando passavam perto de Titã, a sonda européia se desprendeu da americana, iniciando a manobra de aproximação do satélite.

Agencia Estado,

14 de janeiro de 2005 | 18h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.