Água dos rios Pomba e Paraíba do Sul é liberada para irrigação

A água dos rios Pomba e Paraíba do Sul, contaminados pelo vazamento de rejeitos tóxicos, foi liberada nesta sexta-feira para irrigação e fornecimento a rebanhos, mas permanece imprópria para consumo humano.A permissão foi anunciada pelo secretário de Agricultura, Abastecimento, Pesca e Desenvolvimento do Interior, Christino Áureo, e tem como base laudo da Feema (Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente). A Feema diz que a água atende ao padrão de qualidade estabelecido pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente, mas o laudo não havia sido liberado até às 18h30 desta sexta-feira.Apesar da permissão, uma equipe de técnicos da secretaria, segundo Christino Áureo, vai continuar monitorando os dois rios para alertar pecuaristas e agricultores caso haja qualquer alteração na qualidade da água. O controle de frutas e legumes da região, afirmou ele, será feito por meio de exames na hora da colheita e nos pontos de comercialização.Para minorar os efeitos do corte de abastecimento de água em Campos (RJ), o mais populoso dos oito municípios atingidos pelo desastre ambiental causado pela empresas mineiras Florestal Cataguazes e Indústria Cataguazes de Papel, a governadora do Estado do Rio, Rosinha Matheus (PSB), determinou nesta sexta a formação de uma força-tarefa, com o envio de 21 caminhões-pipa para o local. No município, as distribuidoras suspenderam o fornecimento de água há 10 dias.

Agencia Estado,

11 de abril de 2003 | 19h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.