Água pode ter escoado formando fissuras em Marte

Um grupo de cientistas da Universidade de Oregon, nos EUA, sustentam que as numerosas fissuras aparecidas recentemente na superfície de Marte foram feitas pelo escoamento de uma substância líquida, como a água, segundo Tahirih Morazedian, em entrevista a BBC News.A hipótese é que o líquido é originário de restos de gelo presente abaixo da superfície de Marte, derretido pela atividade geotérmica derivada do vulcão Olimpo, um colosso inativo de 24 quilômetros de altura.Para Motazedian, a hipótese dá uma nova esperança as especulações sobre a presença de vida na superfície do planeta vermelho.

Agencia Estado,

13 de março de 2003 | 17h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.