Reprodução/Nasa TV/Efe
Reprodução/Nasa TV/Efe

Altura da órbita da Estação Espacial é diminuída em 1,5 quilômetro

Correção de órbita aconteceu para garantir condições ideais para o retorno à Terra da nave Soyuz

Efe

26 Maio 2010 | 11h17

MOSCOU - A Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) diminuiu nesta quarta-feira, 26, a altura média de sua órbita em torno da Terra em 1,5 quilômetros, informou o Centro de Controle de Voos Espaciais (CCVE) da Rússia.

 

Veja também:

linkAtlantis retorna à Terra após sua última missão no espaço

 

A manobra, que começou às 3h25 (pelo horário de Brasília) e teve duração de quase 10 minutos, aconteceu com ajuda de quatro propulsores do cargueiro Progress M-05M, acoplado ao módulo "Pirs", do segmento russo da plataforma orbital, disse um porta-voz do CCVE, citado pela agência "Interfax".

 

O funcionamento dos motores da nave de carga produziu uma desaceleração de 0,8 metros por segundo do laboratório espacial, o que permitiu situá-lo na órbita programada.

 

A correção de órbita, segundo explicou o CCVE, aconteceu para garantir as condições ideais para o retorno à Terra da nave russa Soyuz TMA-17, que deve acontecer no próximo dia 2.

 

A bordo da nave retornarão à Terra ao cosmonauta russo Oleg Kotov, seu colega da Nasa Timothy Creamer e o astronauta japonês Soichi Noguchi, todos eles membros da expedição número 23 à ISS.

Mais conteúdo sobre:
Estaçao EspacialISSorbita

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.