Ambientalistas fazem abaixo-assinado contra estola do papa

Organização Aidaa recolheu, em pouco menos de um mês, 2.220 assinaturas por toda Itália

Efe

13 de agosto de 2008 | 15h26

A associação Itália pela Defesa dos Animais e do Meio Ambiente (Aidaa) recolheu, em pouco menos de um mês, mais de 2.220 assinaturas pela internet para pedir ao papa Bento XVI que renuncie a sua estola de arminho. A Aidaa apresentará ao pontífice, no final de setembro, uma carta acompanhada das assinaturas que começaram a recolherem 21 de julho em sua página na internet. Nessa carta, o presidente da Aidaa, Lorenzo Croce, explica que essa "pequena e significativa renúncia pessoal" por parte do papa se converterá em um "forte sinal para o cuidado dos animais e do meio ambiente." Alguns cidadãos que assinaram a petição acompanharam suas assinaturas de mensagens para o pontífice.  "Existe uma diferença entre nutrir-se e adornar-se. Jesus Cristo saciou materialmente e espiritualmente aos homens, mais recorde que o único 'adorno' que levou foi sua coroa de espinhos, que recebeu para ser humilhado", escreveu um dos participantes.  Até o momento, o Vaticano não respondeu a nenhuma das diversas petições já feias contra o uso de pele animal.

Tudo o que sabemos sobre:
papa Bento XVIreligiãomeio ambiente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.