América Latina e Caribe preparam a Rio +10

Representantes de países da América Latina e do Caribe encontram-se de hoje a sexta-feira no Memorial da América Latina, na zona oeste de São Paulo, para discutir posições que serão defendidas em conjunto pelo grupo na Cúpula Mundial para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio +10, que vai ocorrer de 26 de agosto a 4 de setembro em Johannesburgo, na África do Sul. Entre os participantes da 7.ª Reunião do Fórum dos Ministros de Meio Ambiente da América Latina e Caribe está o ministro do Meio Ambiente, José Carlos Carvalho. Segundo o assessor internacional do Ministério do Meio Ambiente, Antônio Fernando Cruz de Mello, o encontro tem como principal objetivo fortalecer a posição regional em relação a uma série de temas. "É relevante na medida em que se espera que seja definida uma iniciativa para a América Latina sobre desenvolvimento sustentável", explicou. Parte das discussões estará concentrada, por exemplo, em assuntos como a pobreza e a transferência de tecnologia. Os participantes vão estudar ainda programas e metas que, mais tarde, serão apresentados em Johannesburgo. "No processo de preparação da Rio +10, há uma ênfase na questão da pobreza vista pelo ângulo dos países europeus", afirmou Mello. Essa percepção, segundo ele, aposta na filantropia como a melhor solução para o problema. "Queremos fugir disso e fazer um contraponto à idéia", ressaltou. "A pobreza é um assunto transversal que está em todas as agendas de desenvolvimento sustentável." De acordo com Mello, os europeus vão apresentar uma iniciativa para auxiliar os países africanos na Rio +10, tendo como base justamente a filantropia. O interesse das nações da América Latina e do Caribe, para ele, está em apresentar uma proposta mais abrangente. "Queremos ensinar a pescar, não entregar o peixe." Parte das diretrizes está definida em um documento a ser discutido na reunião que começa hoje.

Agencia Estado,

15 de maio de 2002 | 08h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.