Americano devolve rocha antiga a Jerusalém após 12 anos

Padre que descobriu história em confissão pediu perdão; homem enviou pedra com bilhete.

BBC Brasil, BBC

04 de junho de 2009 | 06h45

Um americano devolveu a Israel um pedaço de 21 quilos de uma coluna medieval de mármore, retirada da cidade antiga de Jerusalém há 12 anos.

Autoridades israelenses receberam uma carta de um padre que pedia o perdão para o homem que confessou ter levado a pedra embora.

Semanas atrás a Autoridade de Antiguidades de Israel recebeu o email do padre, que mora no Estado de Nova York.

"O camarada me confessou que há 12 anos ele levou uma pedra de Jerusalém e sua consciência o incomodava desde então", escreveu o padre.

"Gostaria de devolver a pedra para Israel e espero que vocês perdoem este homem por sua transgressão."

A Autoridade de Antiguidades de Israel informou que não pretende processar o homem.

Guia

O homem que levou a pedra medieval afirmou que um guia de turismo deu a ele o pedaço de mármore e, na hora, ele não percebeu que a peça provavelmente teria sido roubada.

A pedra chegou a Jerusalém com um bilhete no qual o homem não identificado conta como pegou a peça durante uma visita à cidade em 1997.

"Apenas depois eu percebi que ele (o guia) provavelmente tinha pego a pedra de uma escavação sem permissão", escreveu.

O americano afirmou que pensou que poderia usar a pedra como um símbolo, para "rezar por Jerusalém".

"Nos últimos 12 anos, desde então, ao invés de me lembrar de rezar por Jerusalém, eu sou lembrado do erro que cometi quando levei a pedra de seu lugar em Israel. Peço perdão".

Haim Shchupak, da unidade antirroubo da Autoridade de Antiguidades de Israel, afirmou que a devolução de artefatos antigos é uma raridade.  BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.