Ancestral comum do homem é mais jovem, diz estudo

Depois da Eva Mitocondrial, de 100 mil a 200 mil anos atrás, que teria sido a mãe de todos os humanos atuais, e do Cromossomo Y Adão, que teria sido o pai entre 35 mil e 90 mil anos atrás, um novo candidato a ancestral comum está surgindo. E ele seria bem mais jovem: algo entre apenas 2 mil e 5 mil anos.É o que indica o estudo Sobre o Ancestral Comum de todos os Seres Humanos, feito em novembro do ano passado e publicado nesta semana pela revista Nature. Para chegar a esta idade mais provável daquele indivíduo que teria legado a carga genética que prevaleceu na humanidade, cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, desenvolverem um modelo estatístico mais complexo.A análise leva em conta muitos fatores além das linhas maternas e paternas, como migrações, condições climáticas e geográficas. "O que ocorre se adotamos uma noção de ancestralidade considerando ancestrais que podiam produzir contato entre as linhas maternas e paternas em vários momentos? Nesta definição mais ampla, é provável que nosso ancestral comum seja mais recente", escreve Douglas Rohde, do MIT.O cálculo das variáveis, feito com um programa de simulação, permite concluir que o ancestral comum foi um divisor de águas, ou de duas linhagens genéticas: uma que desapareceu sem deixar descendentes e outra de quem todos os humanos atuais descendem.Segundo Joseph Chang, professor do Departamento de Estatísticas da Universidade de Yale e um dos autores da pesquisa, pode-se dizer que somos todos primos distantes.?Não importa a língua que falemos ou a cor de nossa pele: nós temos os mesmos ancestrais, que plantaram arroz nas margens do Yangtze, domesticaram cavalos nas estepes da Ucrânia, caçaram preguiças gigantes nas florestas da América do Sul e construíram as Grandes Pirâmides?, disse Chang.

Agencia Estado,

01 de outubro de 2004 | 16h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.