Animais também riem, afirma cientista

Um estudo divulgado nesta quinta-feira na revista Science sustenta que o riso não é uma característica exclusiva dos serem humanos, mas está presente também entre os animais. Na publicação, também se afirma que o homem primeiro sorriu e só depois falou.Segundo o psicólogo Jaak Panksepp, da Universidade de Northwestern, em Ohio, uma prova de que o riso é anterior ao homem é que seus circuitos neurológicos estão localizados nas partes mais antigas do cérebro. Além disso, sabe-se que havia formas de riso e jogos em outros animais, milhares de anos antes de o ser humano desenvolver a expressão oral.Em experiência com ratas, Panksepp constatou que quando jogam, elas emitem um berro, demonstrando sentimentos positivos.De acordo com a agência Efe, o psicólogo também falou sobre os chimpanzés para demonstrar sua teoria. Panksepp afirma que esses animais ficam com a respiração descontinuada, semelhante a uma gargalhada, quando fazem cócegas um nos outros.Para provar que o riso veio antes da fala, o psicólogo usou o exemplo das crianças, que antes mesmo de conseguirem falar, riem e gritam.

Agencia Estado,

31 de março de 2005 | 17h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.