Anvisa constata resíduos de agrotóxicos em frutas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) detectou a presença de resíduos de agrotóxicos acima do limite máximo permitido e a utilização de agrotóxicos não autorizados no cultivo do mamão e do morango. O índice das duas frutas aumentou se comparado com os dados de 2002. O morango apresentou aumento de 46% para 54,44% e o mamão registrou aumento de 19,50% para37,66%.Os resultados são do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos, realizado em 2003 pela segunda vez, em parceria com vigilâncias sanitárias estaduais e o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS). As pesquisas foram feitas no Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Foram analisados nove alimentos: tomate, mamão, banana, batata, cenoura, alface, laranja, maçã e morango.A pesquisa revela ainda que dos alimentos analisados, sete apresentaram melhora nos índices quando comparados com os de 2002. O tomate, por exemplo, não apresentou contaminação. Já em 2002, havia um índice de 26,1%. E a cenoura, não apresentou irregularidades nem em 2002, nem em 2003. Segundo a Anvisa, um trabalho de informação e esclarecimentos para os setores de agricultura será realizado. A Agência espera assim evitar futuras irregularidades.

Agencia Estado,

11 de maio de 2004 | 02h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.