Argentina faz 1.º implante de coração artificial da AL

Uma menina argentina de 1 ano e 5 meses, com uma cardiopatia congênita, recebeu um coração artificial em Buenos Aires, no primeiro implante deste tipo realizado na América Latina. Segundo funcionários da Secretaria de Saúde da capital, a cirurgia ocorreu no domingo passado no Hospital Pedro Elizalde.O coração artificial que salvou a vida da bebê foi enviado especialmente da Alemanha. Os médicos que realizaram o implante decidiram recorrer a este método enquanto aguardam a chegada de um coração humano para realizarem um transplante na menina.O implante de coração artificial também foi o segundo em todo o continente americano, segundo os funcionários argentinos.

Agencia Estado,

21 de dezembro de 2005 | 11h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.