Arqueólogos descobrem cemitério do período helenístico

Túmulos foram encontrados durante ampliação de linha ferroviária na colônia grega de Hímera, na Sicília

Efe

20 de outubro de 2008 | 19h42

Uma necrópole do período helenístico foi descoberta nesta segunda-feira, 20, na área arqueológica da antiga colônia grega de Hímera, na ilha italiana da Sicília, informou a imprensa local. A descoberta compõe-se de túmulos que, segundo as mesmas fontes, foram encontrados durante as obras de ampliação da linha ferroviária que une as localidades de Buonfornello e Cefalù Ogliastrillo, no centro-oeste da ilha. Os objetos achados, em sua maioria decoração funerária, foram levados ao museu Antiquarium, próximo aos restos arqueológicos, para que possam ser catalogados e estudados, mas, por enquanto, não se sabe onde ficarão definitivamente. Hímera foi fundada no século VII a.C. por colonos gregos procedentes da atual Messina. Dois séculos mais tarde, a cidade foi palco de uma violenta batalha, na qual os exércitos gregos venceram as tropas cartaginesas.

Tudo o que sabemos sobre:
arqueologiaitália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.