Arqueólogos descobrem maior dinossauro carnívoro da Tailândia

Pesquisadores acham também fósseis de iguanodonte e pterossauro, em camadas que datam de 100 milhões de anos

Efe,

18 de dezembro de 2007 | 03h46

Uma equipe de arqueólogos tailandeses descobriu no nordeste da Tailândia restos fósseis de um alossauro. É a maior espécie de dinossauro carnívoro achada no país até o momento, informa nesta terça-feira, 18, o jornal The Nation. Os restos estavam no distrito de Muang, em Nakhon Ratchasima, 260 quilômetros a noroeste de Bangcoc. Há sete anos uma equipe da Universidade de Nakhon Ratchasima Rajabthat vinha fazendo investigações no local. Junto ao alossauro, os pesquisadores desenterraram também fósseis de outras espécies, como o iguanodonte e o pterossauro, todos em camadas que datam de 100 milhões de anos. O diretor do Museu da Universidade, o professor Pratuang Jintasakul, destacou a descoberta de dentes de cerca de 10 centímetros de um alossauro. O animal chegava a 10 metros de altura. Os arqueólogos que trabalham na área já descobriram pelo menos mil fósseis de dinossauros.

Tudo o que sabemos sobre:
Tailândiadinossauroarqueologia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.