Arqueólogos encontram sapato de 2 mil anos

Arqueólogos britânicos descobriram o que pode ser o mais antigo pé de sapato da Inglaterra, com pelo menos 2 mil anos. Ele foi encontrado num tronco oco usado na estrutura de um poço antigo em Wellington, no sudoeste do país.Os restos do sapato sugerem que ele foi usado por um homem cujo pé teria cerca de 30 cm de comprimento. O local da descoberta é um sítio arqueológico localizado em 1989 e datado do início da Idade do Ferro (700 a.C a 43 d.C.), conhecido como um lugar onde os antigos fundiam o metal.O tronco oco que continha a peça estava fincado na terra junto a um dos dois poços existentes no local, onde os arqueólogos encontraram também recipientes para líquidos. O tronco foi retirado do solo e só no laboratório os cientistas removeram o sapato.?Ele está razoavelmente bem preservado, com sinais de tiras e furos no couro?, segundo Stephen Reed, que liderou uma equipe de Exeter na descoberta. ?Até onde sabemos, este é o sapato mais antigo já encontrado no Reino Unido.?Ele pode ter sido deixado ali por alguma razão simbólica ou simplesmente foi perdido na lama, indo parar no interior do tronco oco. O local foi preservado por sucessivas indundações.A peça está sendo estudada por especialistas em Salisbury e deve, no futuro, ser exposta no Royal Albert Memorial Museum, em Exeter. Segundo os pesquisadores, este é o único sapato deste tipo no Reino Unido e há menos de dez parecidos na Europa.

Agencia Estado,

10 de maio de 2005 | 15h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.