Asteroide em órbita retrógrada surpreende astrônomos

Astro de quase 3 km de largura e que passa perto da Terra deveria ter sido visto anos atrás, dizem cientistas

da Redação,

04 de maio de 2009 | 16h25

A descoberta de um asteroide de 2 km a 3 km de largura, em uma órbita retrógrada, deu um susto na comunidade astronômica, de acordo com nota publicada no site da revista NewScientist.  Pesquisadores agora investigam a possibilidade de o corpo ser um cometa que se "apagou", deixando de produzir uma cauda.

 

Asteroide de 40 m de diâmetro passa de raspão sobre a Terra

 

Esse astro chega mais perto da Terra que qualquer outro corpo com uma órbita desse tipo - que gira em torno do Sol no sentido contrário ao da maioria dos demais astros do Sistema Solar - e os cientistas acham que deveriam ter sido capazes de detectá-lo antes.

 

Descoberto por astrônomos nos EUA, o asteroide, batizado 2009 HC82, teve sua órbita calculada por equipes internacionais que determinaram que ele cumpre uma volta ao redor do Sol a cada 3,39 anos, e chega a 3,5 milhões de quilômetros da Terra. Uma aproximação potencialmente perigosa, dado o tamanho do astro.

Tudo o que sabemos sobre:
astronomiaasteroide

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.