Asteróide poderá ser visto com uso de binóculos

Astrônomos amadores terão uma rara oportunidade de observar um asteróide que deverá passar a uma distância de 530 mil quilômetros da Terra. Um raspão em termos astronômicos. Segundo pesquisadores britânicos, bastará um binóculo para observar a pedra que mede cerca de 800 metros, chamada de 2002 NY40.O brilho do asteróide é, pelo menos, cem vezes mais fraco que o olho humano pode enxergar, mas poderá ser visível com um pequeno telescópio ou um binóculo. "Astrônomos amadores terão possibilidade de observar o um evento que acontece a cada meio século", disse Robin Scagell, da Sociedade para a Astronomia Popular."É um evento fascinante. Talvez não seja espetacular, mas é muito incomumm poder observar uma pedra espacial de perto como esta. Normalmente você tem que observar horas, até dias para detectar algum evento no céu", disse Robin. O asteróide pode ser observado entre a estrela Vega e a constelação de Hércules. Olhando para face norte do céu, próximo ao horizonte. Aqui, no hemisfério sul, será um pouco mais difícil de ser avistado, por conta da trajetória muito próxima a linha do horizonte.Os pesquisadores esperam estudar a composição e recalcular a órbita do 2002 NY40. Segundo os astrônomos há um risco que o asteróide se choque com a Terra em 2022.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.