Asteróide que atingirá atmosfera terrestre não é perigoso

Ele chegará ao planeta próximo ao Sudão mas vai desaparecer completamente antes que possa chegar ao chão

Reuters

06 de outubro de 2008 | 19h38

Um pequeno asteróide descoberto no início desta segunda-feira, 6, por um observatório no Arizona, nos Estados Unidos, vai atingir a atmosfera terrestre acima do Sudão em algumas horas, mas vai desaparecer completamente antes que possa chegar ao chão ou ameaçar qualquer aeronave, disseram os astrônomos.  O asteróide vai criar uma grande bola de fogo às 23h46 ao se derreter, disse a equipe do Centro de Astrofísica do Harvard-Smithsonian. "Nós queremos ressaltar que esse objeto não é uma ameaça", disse Timothy Spahr, diretor do Centro de Planetas Menores de Harvard, em Massachusetts. "Estamos animados desde a primeira vez que fizemos o alerta de que o objeto entraria na atmosfera terrestre", acrescentou Spahr. O asteróide, conhecido como um meteoro, tem entre um e cinco metros de diâmetro.

Tudo o que sabemos sobre:
asteróideciênciaespaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.