Astronauta e cosmonautas partem da estação espacial rumo a Terra

Dois cosmonautas russos e um astronauta da Nasa deixaram a Estação Espacial Internacional nesta quarta-feira e se dirigiram de volta à Terra depois de quase seis meses em órbita.

IRENE KLOTZ, REUTERS

10 Setembro 2014 | 21h42

O ex-comandante da estação Steve Swanson e os cosmonautas Alexander Skvortsov e Oleg Artemyev prenderam-se no interior da cápsula russa Soyuz que os levou para a estação em março, saindo às 20h01 (horário de Brasília).

"Nós fizemos muito. Nos divertimos muito", disse Swanson durante a cerimônia de troca de comando na terça-feira que foi transmitida pela Nasa Television.

Além de algumas caminhadas espaciais russas, a equipe encampou um número recorde de experiências científicas, atualizado o protótipo robô humanoide da estação e reparando equipamentos quebrados.

"Nós fizemos um monte de manutenção, o que é bom e ruim", disse Swanson. "Adoro fazer manutenção, mas isso significa que as coisas quebraram."

O novo comandante da estação, Max Suraev, permanecerá a bordo do posto orbital junto com o astronauta da Nasa Reid Wiseman e Alexander Gerst, da Agência Espacial Europeia.

Os companheiros da viagem espacial Swanson, Skvortsov e Artemyez devem pousar no sudeste de Dzhezkazgan, Cazaquistão, às 23h23 (horário de Brasília).

"Pelo que me foi dito é definitivamente um grande passeio pela Disney World", disse Swanson, um astronauta de duas viagens, ao fazer seu primeiro pouso em um Soyuz, em entrevista durante o voo. Durante a descida através da atmosfera, a tripulação experimentará forças equivalentes a quatro vezes a força da gravidade da Terra. Eles também serão separados da cápsula quando os paraquedas se abrirem.

Três tripulantes que substituirão a equipe, incluindo a primeira mulher russa a servir na estação, devem partir no lançamento de 25 de setembro. "Receber três caras novas por aqui vai ser muito divertido", disse Wiseman uma entrevista durante o voo.

Os recém-chegados serão o astronauta da Nasa Barry Wilmore e os cosmonautas Alexander Samokutyaev e Elena Serova.

Serova vai se tornar apenas a quarta mulher russa a voar no espaço e a primeira a servir na Estação Espacial Internacional, um complexo de pesquisa de 100 bilhões de dólares de propriedade de 15 nações.

A última mulher russa a voar no espaço foi Yelena Kondakova, que fazia parte da tripulação de um ônibus espacial da Nasa, em maio de 1997.

Mais conteúdo sobre:
ESPACO COSMONAUTAS VOLTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.