AP
AP

Astronautas celebram aniversários de dois grandes eventos espaciais

Há 49 anos era realizado o primeiro voo espacial tripulado por um ser humano; e 29 anos atrás era lançado o primeiro ônibus espacial

Associated Press

12 Abril 2010 | 14h35

Os 13 astronautas que estão a bordo da Estação Espacial Internacional celebraram nesta segunda-feira, 12, os aniversários de dois grandes eventos espaciais. Há 49 anos, o cosmonauta russo Yuri Gagarin realizou o primeiro voo espacial tripulado por um humano. E 29 anos atrás foi feito o primeiro lançamento de um ônibus espacial.

 

Veja também:

linkPor segurança, Nasa adia em 1 dia retorno de Discovery à Terra

linkParafuso emperrado complica caminhada espacial  

 

O presidente russo Dmitry Medvedev conversou, através de uma teleconferência, com os astronautas da ISS nesta segunda-feira. "O espaço é algo que une todo nós. É uma causa global. E, independente da difícil situação financeira que atravessamos, a exploração espacial continuará sendo uma das prioridades da Rússia", afirmou Medvedev, que desejou sucesso aos três cosmonautas russos presentes na ISS.

 

As homenagens deram continuidade com uma teleconferência entre os astronautas japoneses, Soichi Noguchi e Naoko Yamazaki, e autoridades e estudantes japoneses de Tóquio. Yamazaki recitou um "haiku", um estilo de poema japonês, que ela escreveu sobre as primeiras impressões que teve da Terra quando a avistou da Estação Espacial. Noguchi acompanhou a recitação tocando uma flauta. É a primeira vez que o Japão tem dois astronautas juntos no espaço.

 

Caminhada espacial

 

Uma última caminhada espacial está programada para esta terça-feira com o objetivo de finalizar a instalação de um tanque de amônia na ISS. Os astronautas colocarão nesta quinta-feira dentro do ônibus espacial Discovery um tanque de carga com equipamentos velhos e lixo, que serão descartados na Terra após o retorno da nave à Terra, programada para sexta-feira.

 

Antes de iniciar a volta, os astronautas farão uma inspeção na Discovery em busca de danos nas asas e bico que possam comprometer a reentrada na atmosfera da Terra. As inspeções nos ônibus espaciais se tornaram procedimento obrigatório após o desastre da nave Columbia em 2003.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.