Astronautas da Estação preparam 4a saída ao espaço

Os astronautas a bordo da EstaçãoEspacial Internacional preparam na quinta-feira uma nova saídaao espaço, destinada a testar uma técnica de reparo da proteçãotérmica do ônibus Endeavour e a substituir um disjuntorqueimado. Será a quarta de cinco saídas programadas para os 12 diasde missão do Endeavour. "Será um dia muito ambicioso. É um diaque estamos esperando há algum tempo", disse o diretor de vôodo ônibus, Mike Moses, na noite de quarta-feira no CentroEspacial Johnson (EUA). O teste do conserto no escudo térmico estava previsto parauma missão anterior, mas foi adiado devido a tarefas maisurgentes. Os astronautas Robert Behnken e Mike Foreman vão dormir"acampados" na câmara de ar Quest, que faz parte da estação,para eliminar o nitrogênio de seus corpos antes da saída aoespaço, marcada para começar às 19h28 de quinta-feira (hora deBrasília). O conserto será feito em placas do escudo antitérmico queforam propositalmente danificadas. Esse reparo pode ser útil durante a futura missão para amanutenção do telescópio espacial Hubble. Em caso de defeitodurante a viagem, a tripulação terá de consertar o ônibusespacial para voltar à Terra, uma vez que a nave estará longedemais da Estação Especial para que seja possível buscar abrigoali. A Nasa desenvolveu métodos de inspeção e reparo depois doacidente de 2003 com o ônibus Columbia, provocado por um danono escudo antitérmico durante a decolagem. O teste de quinta-feira envolverá um instrumentosofisticado para realizar a calafetação das placasantitérmicas, ou seja, preencher eventuais fissuras com ummaterial adesivo. As peças consertadas com essa técnica serão trazidas devolta à Terra para que se avalie sua funcionalidade. Oprocedimento já foi bastante testado no vácuo e com gravidadezero, mas nunca no espaço. A quarta-feira foi praticamente de folga para osastronautas, depois de vários dias exaustivos. A tripulação jámontou um robô externo canadense e entregou um depósito queserá futuramente anexado ao laboratório espacial japonês Kibo.

ED STODDARD, REUTERS

20 de março de 2008 | 09h44

Tudo o que sabemos sobre:
CIENCIAASTRONAUTASMISSAO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.