Astronautas farão caminhada espacial em 30 de janeiro

Terão que reparar unidade responsável pela inclinação de um painel de energia em relação ao sol

EFE,

17 de janeiro de 2008 | 13h47

Os americanos Peggy Whitson e Daniel Tani, tripulantes da Estação Espacial Internacional (ISS), farão no dia 30 de janeiro uma caminhada espacial adicional a fim de reparar uma falha em um painel solar, anunciou o escritório da Nasa na Rússia.      "Está previsto que Whitson e Tani saiam ao espaço aberto em 30 de janeiro" para reparar o sistema que controla e garante a inclinação do painel solar no lado direito da ISS, disse o porta-voz russo da Nasa em Moscou, Serguei Puzanov.      Ele explicou que os astronautas terão que reparar uma unidade responsável pela inclinação do painel em relação ao sol e não o mecanismo giratório da torre que sustenta os painéis, e que em novembro apresentou desgaste.      Puzanov explicou à agência Interfax que, após a detecção do problema, os responsáveis da Nasa ordenaram que o painel solar fosse travado com o mecanismo defeituoso em uma posição ótima em relação ao sol.      No entanto, a posição fixa levou à redução de sua capacidade de gerar energia elétrica.      O porta-voz da Nasa afirmou que o segundo conjunto de painéis solares, instalado no lado esquerdo da plataforma espacial, funciona de modo correto, fazendo rotações de acordo com o movimento do sol.      O terceiro integrante da ISS, o cosmonauta russo Yuri Malenchenko, acompanhará o trabalho de seus companheiros do interior da estação, por meio das câmeras instaladas no lado externo da plataforma.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.