Astronautas fazem reparos dentro e fora da estação espacial

Dois astronautas do ônibus espacial Endeavour terminaram a última das quatro caminhadas espaciais fora da Estação Espacial Internacional na segunda-feira, completando os reparos e os trabalhos de manutenção necessários para fazer a estação funcionar a todo vapor. Stephen Bowen e Shane Kimbrough voltaram à câmara Quest da estação às 10h31 da manhã de terça-feira (horário de Brasília), depois de uma saída que durou seis horas e sete minutos. Esta foi a terceira saída de Bowen e a segunda de Kimbrough desde que o ônibus espacial chegou à estação no dia 16 de novembro, para a viagem programada para durar 11 dias. Os técnicos da Nasa decidiram na segunda-feira que o Endeavour vai ficar um dia a mais no espaço, na esperança de que seja atingido um dos objetivos mais importantes da missão: trazer para a Terra amostras de água retiradas de um sistema de purificação que transforma a urina dos astronautas em água própria para consumo. O equipamento tem desligado devido a um suposto problema mecânico. Enquanto Bowen e Kimbrough trabalhavam a 360km da Terra, o tripulante Don Pettit e o comandante da estação, Mike Fincke, fizeram outra rodada de modificações na centrífuga do sistema de reciclagem de urina. O equipamento é necessário para separar as partículas sólidas do líquido, durante o processo de destilação. Misturada à água retirada do ar e de outras fontes, a urina reciclada vira água potável. Do lado de fora, Kimbrough e Bowen trabalharam em duas juntas rotativas na armação exterior, necessárias para encaixar os painéis solares na posição certa, de modo que absorvam a luz do sol e a transformem em energia. Uma das juntas foi limpa, pois estava contaminada com metais, além de lubrificada e consertada.

IRENE KLOTZ, REUTERS

25 de novembro de 2008 | 12h08

Tudo o que sabemos sobre:
CIENCIAASTRONAUTASREPAROS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.