Reprodução / Nasa TV / Reuters
Reprodução / Nasa TV / Reuters

Astronautas iniciam caminhada espacial para reparos da ISS

Objetivo principal da saída é substituir um depósito de amoníaco de módulo da estação espacial

Efe

09 Abril 2010 | 09h02

Os astronautas Rick Mastracchio e Clayton Anderson começaram nesta sexta-feira, 9, a primeira das três caminhadas da missão do Discovery na Estação Espacial Internacional (ISS).

 

Veja também:

linkMesmo sem viagem à Lua, Nasa gerará empregos, diz novo chefe

linkHubble fotografa em detalhe maior galáxia do Trio do Leão

 

Os astronautas abandonaram a escotilha da câmara de descompressão às 2h41 (de Brasília) e devem trabalhar no exterior da plataforma orbital durante aproximadamente seis horas e meia, informou o coordenador da Nasa no Centro de Controle de Voos Espaciais da Rússia, Serguei Puzanov.

 

O objetivo principal das saídas ao exterior é substituir um depósito de amoníaco. Durante a primeira caminhada, está previsto que Mastracchio e Clayton desliguem as mangueiras do velho tanque e posteriormente desenganchem do compartimento de carga do Discovery o novo depósito.

 

O tanque será colocado na superfície exterior do laboratório orbital com ajuda de um braço robótico dirigido do interior da ISS pelos astronautas Jim Dutton e Stéphanie Wilson. Depois, Mastracchio e Clayton poderão fixar o novo depósito.

 

 

O velho tanque será devolvido à Terra a bordo do Discovery, cujo retorno ao Centro Espacial Kennedy, na Flórida, está previsto para as 9h29 (de Brasília) de domingo, dia 18 de abril.

 

Durante as mais de seis horas no exterior, os astronautas realizarão também outras tarefas para a manutenção da plataforma orbital.

 

"O principal desafio da saída é a coordenação do trabalho entre pessoas e máquinas. É um autêntico trabalho em equipe. Stéphanie e Jim farão sua parte no interior da estação e Clayton e eu no exterior. Naturalmente, todas nossas tarefas serão coordenadas com a Terra", assinalou Mastracchio antes de partir.

 

Durante as três jornadas de trabalhos no exterior da estação, os astronautas retirarão, além disso, algumas bandejas de experimentos colocadas em missões anteriores e ajustarão um giroscópio na viga principal da estrutura.

 

A missão do Discovery era entregar à ISS o módulo multiuso "Leonardo", que contém uma série de compartimentos para a realização de experimentos científicos no espaço, assim como um setor dormitório e espaço para equipes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.