Astrônomo amador suíço afirma ter descoberto dois asteroides

Os asteroides, identificados por Jose De Queiroz, têm o diâmetro entre 1 e 2 quilômetros, segundo comunicado

Associated Press,

03 de junho de 2009 | 19h34

astrônomo amador suíço afirmou nesta quarta-feira ter descoberto dois novos asteroides dentre centenas de milhares existentes entre as órbitas de Marte e Júpiter.

 

Os asteroides, identificados por Jose De Queiroz, têm o diâmetro entre 1 e 2 quilômetros, segundo um comunicado do observatório Mirasteilas, administrado por ele.

 

O Centro de Planetas Menores da União Astronômica Internacional, em Cambridge, Massachusetts, confirmou que o astrônomo suíço já descobriu asteroides e os registrou em março como 2009FM1 e 2009FA1.

 

"Eles são objetos perfeitamente comuns e intrinsecamente de brilho muito fraco", disse Bryan Marsden, cientista do centro.

 

De Queiroz terá de observar o mesmo asteroide anualmente pelos próximos quatro anos para confirmar sua descoberta", disse ele. "Eles só foram observados este ano".

 

Marsden disse que muitos dos asteroides no cinturão principal já foram registrados, mas astrônomos amadores ao redor do mundo ainda têm a chance de registrar novos corpos celestes. Ele disse que De Queiroz usou um grande telescópio, o que permitiu a ele avistar pequenos asteroides.

 

No observatório no leste da Suíça De Queiroz disse que gostaria de nomear os asteroides como "Falera", em homenagem ao local onde está localizado o observatório, e "Márcia", em homenagem à sua filha.

 

Mas Marsden disse que "se as observações estiverem ocorrendo só por um mês ou dois, isso não é suficiente para nós para aceitar os nomes que ele propôs."

Tudo o que sabemos sobre:
asteroidesastronomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.