Catalina Sky Survey, University of Arizona
Catalina Sky Survey, University of Arizona

Astrônomos amadores podem ajudar a Nasa a achar novos asteroides

Agência lançou software que permite que qualquer usuário pelo computador monitore corpos celestes que se aproximam da Terra 

O Estado de S. Paulo

16 Março 2015 | 11h18

A Nasa lançou neste domingo, 15, um desafio a astrônomos amadores de todo o mundo: a possibilidade de aumentar o número de descobertas de novos asteroides. Um software desenvolvido pela agência espacial americana permite que qualquer usuário, pelo computador, possa rastrear asteroides usando o desktop. 

O programa, que pode ser instalado em Mac e PCs e é gratuito, analisa imagens do espaço usando um algoritmo desenvolvido pela Nasa. O software será útil para que a agência espacial monitore o maior número possível de corpos celestes que se aproximam da Terra e descubra as potenciais ameaças ao planeta. 

Em comparação com softwares semelhantes, é capaz de identificar 15% a mais de asteroides no cinturão entre Marte e Júpiter. A agência espacial afirma que o algoritmo determina quais corpos celestes estão se comportando como asteroides e possibilita a combinação com objetos próximos da Terra já identificados.

A estratégia de descobrir asteroides registrando repetidamente imagens do mesmo trecho do céu à procura de corpos que se movem entre os quadros é usada desde que Plutão foi descoberto, em 1930, diz a Nasa. 

Com o aplicativo, os astrônomo amadores podem registrar imagens a partir de seus telescópios e analisá-las a partir do software. Os registros servirão de base de dados para a empresa de mineração Planetary Resources, de Washington, que planeja explorar asteroides futuramente.

O desafio Asteroid Hunter Dados faz parte do concurso Asteroid Grand Challenge, da Nasa. O resultado do concurso, que foi realizado em parceria com a Planetary Resource, foi anunciado em dezembro de 2014. A série ofereceu um total de US$ 55 mil em prêmios para os participantes que desenvolvessem algoritmos capazes de identificar asteroides em imagens capturadas por telescópios terrestres. As soluções vencedoras de cada categoria do concurso levaram à criação de um aplicativo cujo algoritmo aumentasse a sensibilidade de identificação de asteroides.

O software da Nasa pode ser baixado aqui.

Mais conteúdo sobre:
Nasa asteroides

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.