Astrônomos dizem ter visto nascimento de buraco-negro

Astrônomos dizem ter fotografado na segunda-feira um fenômeno cósmico que eles acreditam ser a formação de um buraco negro. Segundo o site especializado Space.com, a informação foi dada por Neil Gehrels, do Centro Goddard de Vôos Espaciais, da Nasa.Se confirmado, este será o primeiro registro visual do momento em que, acredita-se, duas estrelas neutrônicas colidem para gerar um buraco-negro.A colisão teria ocorrido a 2,2 bilhões de anos-luz de distância da Terra, ou seja, há 2,2 bilhões de anos. Na madrugada de segunda-feira, pouco depois da meia-noite, chegaram às proximidades da Terra as ondas de alta energia de raios gama, típicas de fenômenos assim.As ondas foram captadas pelo telescópio orbital Swift, que se reposicionou automaticamente em 50 segundos, mirando o ponto de origem dos raios gama e colhendo algumas imagens em raios X, segundo Gehrels disse ao Space.com.Uma fraca luz em forma de flash foi registrada logo após a onda de raios gama, como previsto pelos cientistas.Astrônomos que trabalham com o Swift, na Costa Leste dos Estados Unidos, dispararam e-mails para colegas do mundo inteiro, contou Gehrels, e muitos relataram ter observado o brilho fraco naquele ponto do céu.As estrelas neutrônicas têm alta densidade e, segundo os cientistas, o choque entre duas delas leva a uma fusão, na qual a mais densa incorpora a menos densa e este corpo dá origem a um buraco-negro.Segundo o Space.com, o fenômeno foi registrado na Nasa como GRB050509b. Até o início da noite desta terça-feira, o site da Nasa não exibia as imagens que terism sido produzidas pelo Swift nem fazia referência a este registro.

Agencia Estado,

10 de maio de 2005 | 18h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.