<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
European Southern Observatory / AFP
European Southern Observatory / AFP

Em dia histórico, cientistas revelam primeira imagem de um buraco negro

Fenômeno – considerado um dos mais enigmáticos do universo – foi observado em galáxia a 55 milhões de anos-luz da Terra. Descoberta envolveu mobilização mundial de cientistas e dados captados por 8 radiotelescópios. ‘Vimos o impossível’, diz astrônomo

Gustavo Rojas, Especial para o Estado

10 de abril de 2019 | 10h56
Atualizado 10 de abril de 2019 | 23h47

PARIS -   Pesquisadores anunciaram nesta quarta-feira, 10, os resultados de um experimento de grande relevância para a ciência e que provavelmente vai ser lembrado daqui a cem anos: a primeira observação direta de um buraco

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.
Tudo o que sabemos sobre:
Buraco Negroastronomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.