Bactérias organizam resistência a antibiótico, diz estudo

Um novo estudo parece explicar por que muitas pessoas sofrem de infecções seguidas do trato urinário, a despeito dos mais modernos antibióticos: a bactéria que invade a bexiga organiza uma colônia semelhante a uma fortaleza, que resiste aos remédios e ao sistema imunológico. Pesquisadores da Universidade de Washington em St. Louis usaram um poderoso microscópio eletrônico para descobrir que casulos de bactérias se formam no interior das células que revestem a bexiga de ratos contaminados com infecção urinária bacteriana por E. coli. As bactérias compõem uma estrutura chamada biofilme por dentro das células, com milhares de indivíduos formando uma colônia que resiste ao ataque como se fosse um único organismo.Os pesquisadores da Universidade de Washington disseram que seus estudos mostram que as bactérias individuais assumem papéis diferenciados dentro do biofilme, agindo como membros de um organismo multicelular. As bactérias na periferia do filme podem deixar a célula hospedeira e contaminar outra adjacente.

Agencia Estado,

03 de julho de 2003 | 17h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.