Baleias francas chegam atrasadas ao litoral brasileiro

As baleias da espécie franca (Eubalaena australis) estão chegando atrasadas ao litoral brasileiro. Os especialistas do Projeto Baleia Franca localizaram 34 baleias, nesta semana, no primeiro vôo de monitoramento da temporada, na costa sul. Isso corresponde à metade das avistagens registradas em igual período e área, no ano passado. ?Em conversas com outros grupos de pesquisa marinha daqui do sul, descobrimos que pingüins, leões e lobos-marinhos também estão chegando um pouco ?atrasados? este ano, de forma que pode ser devido a condições climáticas e/ou oceanográficas, cuja relação com a distribuição dos animais ainda estamos por entender?, explica José Truda Palazzo, da Coalizão Internacional da Vida Silvestre (IWC/Brasil), que coordena o Projeto Baleia Franca. O censo, realizado de avião, na terça feira, dia 12, cobriu de Barra do Sul, no norte de Santa Catarina, até Capão da Canoa, no Rio Grande do Sul. As baleias francas passam o inverno no Oceano Antártico, onde se alimentam, e migram para o norte, até o litoral catarinense, para dar à luz e amamentar seus filhotes.

Agencia Estado,

14 de agosto de 2003 | 13h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.